Conheça o projeto transmídia “Conversas sobre Avaliação”


banner-site

Nós da Secretaria Geral de Educação a Distância – SEaD da Universidade Federal de São Carlos – UFSCar, em parceria com o Prof. José Carlos Rothen e a Pró-Reitoria de Extensão – ProEx, apresentamos a websérie “Conversas sobre Avaliação”, projeto transmidiático que dialoga diretamente com o livro “Avaliação na Educação: Referências para uma Primeira Conversa”, cuja organização é do próprio Prof. Rothen com a Profa. Andréia da Cunha Malheiros Santana e qued conta com renomados autores especialistas na área.

O livro está disponível para download gratuito ou, quem preferir a edição impressa, pode fazer a compra. Para mais informações sobre isso, acesse: https://rothen.pro.br/site/category/avaliacao-da-educacao-referencias-para-uma-primeira-conversa/

Já a websérie contará com 13 episódios que deverão ampliar a percepção sobre cada capítulo do livro, oferecendo um novo olhar sobre as temáticas abordadas. O primeiro apresenta um panorama sobre avaliação da educação e como isso começou a fazer parte do nosso cotidiano. No vídeo, o professor Rothen discute e apresenta informações a respeito de quando começaram as avaliações nas escolas. Confira abaixo e já se inscreva no canal para receber as notificações dos próximos episódios:

Para dar um primeiro passo sobre o tema, a Profa. Joelma dos Santos e o Prof. José Carlos Rothen fazem uma pequena resenha do projeto. Veja só:

 

A Comissão Própria de Avaliação (CPA) é um órgão institucional que coordena os processos internos de avaliação das unidades escolares. A CPA pode ter um caráter emancipatório ao levar a comunidade acadêmica a um autoconhecimento e de prestação de contas à sociedade do trabalho realizado, ou regulatória ao se organizar para atender as demandas externas de autoavaliação, ou ainda, ser uma mistura dos dois.

Joelma dos Santos Bernardes no informa que a Lei 10.861 de 2004, que institui o Sinaes (Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior) prevê que todas as Instituições de Educação Superior devem ter uma Comissão Própria de Avaliação (CPA). Assim a sua presença faz parte do marco regulatório do funcionamento das Instituições.

A autoavaliação é realizada pela comunidade acadêmica com o intuito de alcançar um viés emancipatório, dada que ela é realizada por seus pares, diferente da avaliação externa que comumente se resume a medidas de desempenho. Na legislação há a compreensão da autoavaliação como um dos fatores de garantia de qualidade, na medida em que o processo de reavaliação das práticas traz uma preocupação com a qualidade, resultando em melhorias dos processos e aumento da qualidade do ensino oferecido.

A avaliação pode ter apenas caráter regulatório, realizando o trabalho de avaliação apena para atender as demandas exigidas. Abandonando o ideário da emancipação, onde se busca a maioridade no processo de autoconhecimento e de autorregulação, ou seja, abandonando a sua dimensão pedagógica de ressignificar a prática pedagógica, a comunidade acadêmica tomando conhecimento da realidade e da responsabilidade institucional.

Cabe a CPA estabelecer o diálogo e a negociação, com os atores envolvidos na avaliação, construindo o consenso nas diferenças. A avaliação baseada no diálogo, no pensar e na conscientização é uma pesquisa participante porque é a realidade na qual o avaliado e o avaliador estão envolvidos.

A CPA, na visão emancipatória, não cria referências para a avaliação, mas utiliza a o planejamento da instituição e as dimensões que ela considera essenciais.
Ela precisa ter competência técnica para a elaboração de instrumentos, para aplica-los, para analisa-los e finalmente de divulgar os resultados à toda comunidade. A materialização do trabalho da CPA são os relatórios institucionais da autoavaliação.”

 

Então, não perca tempo: baixe o livro e acompanhe nossa websérie quinzenal. Continue nos acompanhando pelas redes sociais para não perder nenhum detalhe sobre este e outros projetos ligados a tecnologias e educação.

Confira mais informações e a primeira aula acessando:
http://rothen.pro.br/site/2019/03/13/panorama-da-avaliacao-da-educacao-basica-e-superior/