Professora da UFSCar, premiada pelo governo dos Estados Unidos no Distinguished Humphrey Leadership Award, apresenta palestra para a equipe da SEaD.


Profa. Denise Martins de Abreu e Lima ministra palestra sobre o aprendizado em liderança em políticas públicas com a equipe da SEaD.

Desde seu ingresso na UFSCar, em 1994, a professora Denise Martins de Abreu e Lima possui papel de destaque em projetos pioneiros e de liderança. Uma das fundadoras do curso de Letras da universidade, foi chefe de departamento e coordenadora da área de língua inglesa. Considerando a importância do diálogo entre universidade e comunidade, foi responsável por seis edições do evento Construir Pontes, projeto de extensão que buscava unir as pesquisas desenvolvidas nas áreas de língua inglesa e linguística aplicada com a prática e experiência dos professores em serviço da escola pública. Como docente e devido à sua formação em tutoria virtual pela Harvard University Graduate School of Education, foi uma das primeiras professoras a acrescentar em suas disciplinas a mediação por ambientes virtuais de aprendizagem, aprimorando a formação e proficiência linguística dos acadêmicos do curso de Letras, experiência que a levou a implementar o Programa Universidade Aberta do Brasil (UAB) na UFSCar, tendo sido sua coordenadora de 2006 a 2013. Ainda no campo da Educação a Distância, Denise foi eleita por dois mandatos consecutivos como presidente do Fórum de Coordenadores UAB junto à CAPES.

Devido à sua experiência em ensino-aprendizagem de línguas, educação a distância e gestão institucional, foi eleita por seus pares como presidente do Programa Idiomas sem Fronteiras (IsF), tendo sido convidada para atuar como assessora da Secretaria de Educação Superior (SESu) do MEC por sua atuação frente ao Programa IsF.

Atualmente vem se destacando pela articulação de uma política linguística para o país como base estruturante da internacionalização, pela valorização da carreira do professor de línguas estrangeiras e pela inclusão e ampliação das ações do Português como língua estrangeira no âmbito da internacionalização, em uma parceria entre SESu, CAPES e INEP, com o exame CELPE-BRAS.

Seu protagonismo em todas essas ações fez com que a Embaixada Americana indicasse seu nome para participar da seleção para o prestigiado Programa Dintinguished Humphrey Leadership Award, uma iniciativa do Department of State no programa de bolsas de estudo Hubert H. Humphrey, do governo dos Estados Unidos, tendo sido escolhida, junto a outros nove selecionados em nível global em diferentes áreas, a participar de um programa de formação continuada em liderança em Harvard.

Segundo o comitê de seleção do programa Humphrey, o que mais chamou a atenção para sua seleção foi o papel de destaque e a visão estratégica que a professora da UFSCar, atuando na Secretaria de Educação Superior (SESu), e presidente do IsF desempenha frente ao programa Idiomas sem Fronteiras, promovido pelo Governo Federal, justificando que “a iniciativa ultrapassou a missão inicial de ajudar na melhoria da proficiência em língua estrangeira de candidatos ao programa Ciência sem Fronteiras, tomou vida própria e acabou se transformando em um grande movimento linguístico e de internacionalização das universidades brasileiras”.

O recebimento do prêmio Humphrey aconteceu nos Estados Unidos, de 16 de setembro a 4 de outubro de 2016, e incluiu uma semana de formação continuada na Harvard University’s Kennedy School of Government (escola de governo da Universidade de Harvard), seguida de visitas focadas, reuniões e acompanhamento de atividades de profissionais e instituições dos setores público e privado relacionadas a área de atuação da professora no Brasil.

Na reunião de planejamento da SEaD-UFSCar realizada nos dias 20 e 21 de dezembro, Denise pode compartilhar com a equipe da SEaD as orientações e estratégias para exercer liderança em políticas públicas, aprendidas no curso realizado em Harvard, denominado: Liderança no século XXI: Caos, Conflito e Coragem.

É uma grande satisfação para a UFSCar ter sido o ambiente que proporcionou à profa. Denise desenvolver projetos e ações que atingiram proporções nacionais e reconhecimento internacional, demonstrando o protagonismo desta universidade diante da educação superior pública, gratuita e de qualidade em nosso país.